Portal do Governo Brasileiro
BDPA - Bases de Dados da Pesquisa Agropecuária Embrapa
 






Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido      Imprime registros no formato resumido
Registros recuperados : 2
Primeira ... 1 ... Última
1.Imagem marcado/desmarcadoLEPIENSKI, C. M.; MATTOSO, L. H. C.; FARIA, R. M. Condutividade alternada em poli(o-metoxianilina). In: ENCONTRO NACIONAL DE FISICA DA MATERIA CONDENSADA, 19., set. 1996, Aguas de Lindoia, SP. Resumos... São Paulo: Sociedade Brasileira de Fisica, 1996. p. 618.

Biblioteca(s): Embrapa Instrumentação.

Visualizar detalhes do registroImprime registro no formato completo
2.Imagem marcado/desmarcadoNOGUEIRA, J. S.; MATTOSO, L. H. C.; LEPIENSKI, C. M. AC conduction of poly(o-methoxyaniline). Synthetic Metals, Lausanne, v. 69, p. 259-260, 1995.

Biblioteca(s): Embrapa Instrumentação.

Visualizar detalhes do registroImprime registro no formato completo
Registros recuperados : 2
Primeira ... 1 ... Última






Acesso ao texto completo restrito à biblioteca da Embrapa Instrumentação. Para informações adicionais entre em contato com cnpdia.biblioteca@embrapa.br.

Registro Completo

Biblioteca(s):  Embrapa Instrumentação.
Data corrente:  22/12/1999
Data da última atualização:  22/12/1999
Autoria:  LEPIENSKI, C. M.; MATTOSO, L. H. C.; FARIA, R. M.
Afiliação:  UFPR-Depto. de Fisica; EMBRAPA-CNPDIA; USP-IFSC.
Título:  Condutividade alternada em poli(o-metoxianilina).
Ano de publicação:  1996
Fonte/Imprenta:  In: ENCONTRO NACIONAL DE FISICA DA MATERIA CONDENSADA, 19., set. 1996, Aguas de Lindoia, SP. Resumos... São Paulo: Sociedade Brasileira de Fisica, 1996. p. 618.
Idioma:  Português
Conteúdo:  Medidas de condutividade AC no intervalo de 0.1 a 10E5 Hz foram realizadas em filmes de poli(o-metoxianilina) (POMA) com diferentes graus de dopagem. Curvas da componente real da condutividade se mostraram independentes da frequencia na regiao de baixas frequencias, e acima de um determinado valor de frequencia critica, essa componente obedeceu, aproximadamente, a relacao condutividade AC vs a frequencia, que e o comportamento "quase-universal" obtido por Pollak-Geballe, valido pra uma grande variedade de solidos. Observou-se que quanto mais condutivia era a amostra, maior foi o valor de frequencia critica encontrado, tornando mais extenso o patamar na regiao de baixas frequencias. Os resultados das amostras de POMA, para diversos niveis de dopagem, foram semelhantes aos observados em meios desordenados, mas devido a caracteristica que possui a dinamica de dopagem quimica da POMA, onde ilhas condutoras sao formadas devido a segregacao de moleculas dopantes (HCl), desenvolvemos um modelo que leva em conta a dispersao de graos condutores em uma matrix de sistema desordenado isolante. Na regiao condutora considerou-se, baseado em resultados de amostras fortemente dopadas, um comportamento de conducao tipo Drude; enquanto que na regiao nao-condutora desordenada usamos o modelo de Dyre desenvolvido para mecanismos tipo "hopping" eletronico com distancia media de saltos r e de distribuicao aleatoria de barreiras de potencial W. (...)
Palavras-Chave:  Condutividade AC; Poli(o-metoxianilina); POMA; Sistemas desordenados.
Categoria do assunto:  --
Marc:  Mostrar Marc Completo
Registro original:  Embrapa Instrumentação (CNPDIA)
Biblioteca ID Origem Tipo/Formato Classificação Cutter Registro Volume Status
CNPDIA5614 - 1UPCSP - --PROCI-96.001011996.00101
Fechar
Nenhum registro encontrado para a expressão de busca informada.
 
 

Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área Restrita

Embrapa Agricultura Digital
Av. André Tosello, 209 - Barão Geraldo
Caixa Postal 6041- 13083-886 - Campinas, SP
SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional