BDPA - Bases de Dados da Pesquisa Agropecuária Embrapa
 






Registro Completo
Biblioteca(s):  Embrapa Amazônia Oriental.
Data corrente:  18/09/2019
Data da última atualização:  18/09/2019
Tipo da produção científica:  Artigo em Periódico Indexado
Autoria:  DIONISIO, L. F. S.; AUCA, E. C.; BARDALES-LOZANO, R. M.; SCHWARTZ, G.; RODRIGUES. R. P.; CORVERA-GOMRINGER, R.
Afiliação:  Luiz Fernandes Silva Dionisio, UEPA; Edgar Cusi Auca, Instituto de Investigaciones de la Amazonia Peruana; Ricardo Manuel Bardales-Lozano, Empresa Palmas del Espino; GUSTAVO SCHWARTZ, CPATU; Richard Pinheiro Rodrigues, UFRA; Ronald Corvera-Gomringer, Instituto de Investigaciones de la Amazonia Peruana.
Título:  Production of Bertholletia excelsa Humb. & Bonpl., (Lecythidaceae) seedlings in microenvironments under different substrates.
Ano de publicação:  2019
Fonte/Imprenta:  Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 14, n. 3, e5847, 2019.
DOI:  10.5039/agraria.v14i3a5847
Idioma:  Inglês
Conteúdo:  A falta de opções tecnológicas de concessionários de florestas para a produção de mudas de espécies nativas na Amazônia peruana é um gargalo para o reflorestamento na região. Neste estudo, uma nova tecnologia de produção de mudas de baixo custo e acessível a produtores foi desenvolvida. Assim, o objetivo neste trabalho foi avaliar a eficiência do uso de baldes como microambientes e substratos para o crescimento inicial de plântulas de Bertholletia excelsa. Aos 40 dias após a emergência, as plântulas foram repicadas para tubetes com capacidade de 115 cm³, contento um substrato padrão composto por areia + serragem + serragem carbonizada na proporção (1:1:1 v/v). Posteriormente, os tubetes foram acondicionadas em baldes (microambientes) com telado a 100% de sombra. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso e os tratamentos foram: T1 = areia, T2 = areia + serragem, T3 = casca de castanha decomposta e T4 = solo de floresta. O substrato T2 favoreceu o comprimento de parte aérea, raiz, número de folhas, massa seca da parte aérea, raízes e total, além do índice de esbeltez de mudas de B. excelsa. A qualidade das mudas de B. excelsa produzidas em microambientes foi semelhante entre os tratamentos, independente do substrato utilizado.
Thesagro:  Bertholletia Excelsa; Castanha; Castanha do Para; Muda; Qualidade; Reflorestamento.
Categoria do assunto:  K Ciência Florestal e Produtos de Origem Vegetal
URL:  http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/202107/1/Dionisio-2019-Production-of-Bertholletia-excelsa.pdf
Marc:  Mostrar Marc Completo
Registro original:  Embrapa Amazônia Oriental (CPATU)
Biblioteca ID Origem Tipo/Formato Classificação Cutter Registro Volume Status
CPATU55905 - 1UPCAP - DD

Voltar







Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados : 1
Primeira ... 1 ... Última
1.Imagem marcado/desmarcadoDIONISIO, L. F. S.; AUCA, E. C.; BARDALES-LOZANO, R. M.; SCHWARTZ, G.; RODRIGUES. R. P.; CORVERA-GOMRINGER, R. Production of Bertholletia excelsa Humb. & Bonpl., (Lecythidaceae) seedlings in microenvironments under different substrates. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 14, n. 3, e5847, 2019.
Tipo: Artigo em Periódico Indexado
Biblioteca(s): Embrapa Amazônia Oriental.
Visualizar detalhes do registroAcesso ao objeto digitalImprime registro no formato completo
Registros recuperados : 1
Primeira ... 1 ... Última
Nenhum registro encontrado para a expressão de busca informada.
 
 

Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área Restrita

Embrapa Informática Agropecuária
Av. André Tosello, 209 - Barão Geraldo
Caixa Postal 6041- 13083-886 - Campinas, SP
PABX: SAC (19) 3211-5743
SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional