Portal do Governo Brasileiro
BDPA - Bases de Dados da Pesquisa Agropecuária Embrapa
 






Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido      Imprime registros no formato resumido
Registros recuperados : 3
Primeira ... 1 ... Última
1.Imagem marcado/desmarcadoBESTETE, L. R.; PRATISSOLI, D.; QUEIROZ, V. T. de; CELESTINO, F. N.; MACHADO, L. C. Toxicidade de óleo de mamona a Helicoverpa zea e a Trichogramma pretiosum. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 46, n. 8, p. 791-797, ago. 2011. Título em inglês: Toxicity of Castor bean oil on Helicoverpa zea and Trichogramma pretiosum.

Biblioteca(s): Área de Informação da Sede; Embrapa Algodão.

Visualizar detalhes do registroAcesso ao objeto digitalImprime registro no formato completo
2.Imagem marcado/desmarcadoBOTTI, J. M. C.; HOLTZ, A. M.; SANTOS, V. V. dos; FRANZIN, M. L.; PAULO, H. H. de; PRATISSOLI, D.; CELESTINO, F. N.; ZINGER, F. D.; FONTES, P. S. F. Estudo do potencial de utilização do extrato aquoso da folha de pinhão manso visando o manejo do pulgão-das-brássicas. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MAMONA, 5.; SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE OLEAGINOSAS ENERGÉTICAS, 2.; FÓRUM CAPIXABA DE PINHÃO-MANSO, 1., 2012, Guarapari. Desafios e Oportunidades: anais. Campina Grande: Embrapa Algodão, 2012. p. 210

Biblioteca(s): Embrapa Algodão.

Visualizar detalhes do registroAcesso ao objeto digitalImprime registro no formato completo
3.Imagem marcado/desmarcadoSANTOS, V. V. dos; HOLTZ, A. M.; BOTTI, J. M. C.; PAULO, H. H. de; FRANZIN, M. L.; PRATISSOLI, D.; CELESTINO, F. N.; PAES, J. P. P.; PIRES, A. A. Controle do pulgão-das-brássicas com extrato da casca do caule de pinhão manso. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MAMONA, 5.; SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE OLEAGINOSAS ENERGÉTICAS, 2.; FÓRUM CAPIXABA DE PINHÃO-MANSO, 1., 2012, Guarapari. Desafios e Oportunidades: anais. Campina Grande: Embrapa Algodão, 2012. p. 203

Biblioteca(s): Embrapa Algodão.

Visualizar detalhes do registroAcesso ao objeto digitalImprime registro no formato completo
Registros recuperados : 3
Primeira ... 1 ... Última






Registro Completo

Biblioteca(s):  Área de Informação da Sede.
Data corrente:  17/11/2011
Data da última atualização:  11/04/2018
Autoria:  BESTETE, L. R.; PRATISSOLI, D.; QUEIROZ, V. T. de; CELESTINO, F. N.; MACHADO, L. C.
Afiliação:  Luziani Rezende Bestete, Universidade Federal Rural de Pernambuco/Departamento de Agronomia; Dirceu Pratissoli, Universidade Federal do Espírito Santo/Centro de Ciências Agrárias/Departamento de Produção Vegetal; Vagner Tebaldi de Queiroz, UFES/Departamento de Zootecnia; Flávio Neves Celestino, Universidade Federal do Espírito Santo/Centro de Ciências Agrárias/Departamento de Produção Vegetal; Lorena Contarini Machado, Universidade Federal do Espírito Santo/Centro de Ciências Agrárias/Departamento de Produção Vegetal.
Título:  Toxicidade de óleo de mamona a Helicoverpa zea e a Trichogramma pretiosum.
Ano de publicação:  2011
Fonte/Imprenta:  Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 46, n. 8, p. 791-797, ago. 2011.
Idioma:  Português
Notas:  Título em inglês: Toxicity of Castor bean oil on Helicoverpa zea and Trichogramma pretiosum.
Conteúdo:  O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do óleo de mamona sobre a broca-grande do tomateiro, Helicoverpa zea, e sobre o parasitoide de ovos Trichogramma pretiosum. Foi determinada a mortalidade larval da broca, que foi submetida ao óleo de mamona por ingestão e contato às concentrações 0,5, 1,0, 1,5, 2,0, 2,5 e 3,0% (v v-1). A ação do óleo de mamona sobre T. pretiosum foi determinada mediante testes de seletividade e suscetibilidade. As maiores mortalidades de larvas foram observadas no tratamento por contato com as menores concentrações (0,5 e 1,0%), enquanto com as concentrações intermediárias (1,5; 2,0 e 2,5%), não houve diferença entre as vias de aplicação. À maior concentração testada (3,0%), o tratamento por ingestão proporcionou mortalidade superior àquela obtida por contato. O número de ovos parasitados por T. pretiosum, no teste de seletividade, foi afetado negativamente pelo óleo de mamona, contudo, os demais parâmetros avaliados quanto à seletividade e à suscetibilidade não foram afetados. O óleo de mamona reduz a sobrevivência de larvas de H. zea tanto por ingestão quanto por contato. Além disso, não prejudica o desenvolvimento de T. pretiosum, desde que as pulverizações sejam realizadas após as liberações do parasitoide.
Palavras-Chave:  Broca-grande; Egg parasitoid; Parasita de ovo; Parasitóide de ovo; Parasitoide de ovos.
Thesagro:  Helicoverpa Zea; Mamona; Ricinus Communis.
Categoria do assunto:  --
URL:  https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/48651/1/46n08a02.pdf
Marc:  Mostrar Marc Completo
Registro original:  Área de Informação da Sede (AI-SEDE)
Biblioteca ID Origem Tipo/Formato Classificação Cutter Registro Volume Status
AI-SEDE52151 - 1UPEAP - PP630.72081P474
Fechar
Nenhum registro encontrado para a expressão de busca informada.
 
 

Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área Restrita

Embrapa Agricultura Digital
Av. André Tosello, 209 - Barão Geraldo
Caixa Postal 6041- 13083-886 - Campinas, SP
SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional