BDPA - Bases de Dados da Pesquisa Agropecuária Embrapa
 






Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido      Imprime registros no formato resumido
Registros recuperados : 1
Primeira ... 1 ... Última
1.Imagem marcado/desmarcadoCASTRO, C. D. P. da C.; RYBKA, A. C. P.; BIASOTO, A. C. T.; OLIVEIRA, V. R. de. Doce de umbu. Brasília, DF : Embrapa, 2020. 48 p. il. color. (Agroindústria familiar, 42).

Biblioteca(s): Área de Informação da Sede; Embrapa Semiárido.

Visualizar detalhes do registroAcesso ao objeto digitalImprime registro no formato completo
Registros recuperados : 1
Primeira ... 1 ... Última






Registro Completo

Biblioteca(s):  Embrapa Semiárido.
Data corrente:  26/10/2018
Data da última atualização:  26/10/2018
Tipo da produção científica:  Artigo em Anais de Congresso
Autoria:  LIMA, A. de S.; RYBKA, A. C. P.
Afiliação:  ARLETE DE SOUSA LIMA, IF Sertão PE, Campus Petrolina; ANA CECILIA POLONI RYBKA, CPATSA.
Título:  Caracterização físico química e sensorial de doce de manga (Mangifera indica L.) em massa com adição de casca.
Ano de publicação:  2018
Fonte/Imprenta:  In: SIMPÓSIO NACIONAL DE ESTUDOS PARA PRODUÇÃO VEGETAL NO SEMIÁRIDO, 3., 2018, Campina Grande. Uso sustentável do Semiárido: desafios e progressos. Campina Grande: Sociedade Científica do Semiárido Brasileiro, 2018.
Idioma:  Português
Conteúdo:  A utilização da casca de manga como matéria-prima para elaboração de doce em massa representa uma boa alternativa econômica para o aproveitamento desse subproduto. Sendo assim, este trabalho teve como objetivo determinar a melhor formulação de doce em massa de manga e avaliar as características físico-químicas e sensoriais, do produto, por meio de teste de aceitação em diferentes concentrações de farinha da casca. Estabeleceu-se pH, acidez total titulável (ATT), sólidos solúveis totais (SST), todos de acordo com as normas preconizadas pelo Instituto Adolfo Lutz (2008). Os valores obtidos de pH, ATT e SST variaram, de 3,69-4,65, 0,33g/100g- 0,88g/100g, 68°Brix a 83°Brix, respectivamente. Perante os resultados obtidos na sensorial constatou-se uma maior aceitação na formulação com concentração de 1,02% de casca, observando-se que as variações de teor de farinha obtiveram aceitação (notas ≥ 6) de 54,2% a 84,8% para o sabor nas formulações F7 e F3 variando de 2,03-1,02% no parâmetro teor de farinha, respectivamente.
Palavras-Chave:  Aceitação; Análise sensorial; Doce em massa.
Thesagro:  Doce; Manga.
Thesaurus NAL:  Mangoes.
Categoria do assunto:  X Pesquisa, Tecnologia e Engenharia
URL:  http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/185192/1/Ana-Cecialia-3.pdf
Marc:  Mostrar Marc Completo
Registro original:  Embrapa Semiárido (CPATSA)
Biblioteca ID Origem Tipo/Formato Classificação Cutter Registro Volume Status
CPATSA57622 - 1UPCPL - DD
Fechar
Nenhum registro encontrado para a expressão de busca informada.
 
 

Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área Restrita

Embrapa Informática Agropecuária
Av. André Tosello, 209 - Barão Geraldo
Caixa Postal 6041- 13083-886 - Campinas, SP
PABX: SAC (19) 3211-5743
SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional