BDPA - Bases de Dados da Pesquisa Agropecuária Embrapa
 






Registro Completo
Biblioteca(s):  Embrapa Caprinos e Ovinos.
Data corrente:  03/04/2013
Data da última atualização:  01/07/2016
Autoria:  GRECCO, F. B.; ESTIMA-SILVA, P.; MARCOLONGO-PEREIRA, C.; SOARES, M. P.; RAFFI, M. B.; SALLIS, E. S. F.; SCHILD, A. L.
Título:  Intoxicação experimental aguda por Senecio brasiliensis em ovinos e indução de resistência à intoxicação.
Ano de publicação:  2012
Fonte/Imprenta:  Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 32, n. 9, p. 912-916, set., 2012.
DOI:  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-736X2012000900015
Idioma:  Português
Conteúdo:  Resumo: Ovinos são mais resistentes à intoxicação por Senecio spp. que bovinos e equinos. Para determinar se essa resistência é induzida pela ingestão de pequenas e repetidas doses da planta e se essa resistência é duradoura, foram realizados três experimentos com folhas e talos verdes de Senecio brasilienses. Para determinar a dose mínima que causa intoxicação aguda (experimento 1), foram administradas doses únicas de 60, 80, 90, 100 e 100g/kg de peso corporal (pc) a cinco ovinos, respectivamente. Os animais que receberam 60 e 80 g/kg de pc de S. brasiliensis não adoeceram, porém o ovino que recebeu 80g/kg de pc apresentava fibrose e megalocitose discretas nas biópsias realizadas aos 90, 120 e 150 dias do término da administração da planta. Os ovinos que receberam 90 e 100g/kg de pc apresentaram anorexia, prostração, movimentos de pedalagem, dor abdominal e morte 12-48 horas após o aparecimento dos sinais clínicos. Na necropsia havia ascite, petéquias disseminadas e acentuação do padrão lobular hepático. Histologicamente havia necrose hemorrágica centro-lobular. No Experimento 2 a dose capaz de causar a intoxicação aguda foi fracionada e administrada em duas, cinco e 10 doses diárias para 3 ovinos, respectivamente. A dose tóxica fracionada não provocou sinais clínicos de intoxicação em nenhum dos ovinos, porém havia fibrose periportal e megalocitose moderadas nas biopsias realizadas aos 60 dias do término da administração da planta, as quais não evoluíram. O ovino que receb... Mostrar Tudo
Palavras-Chave:  Alcalóide pirrolizidínico; Hepatotoxicose.
Thesagro:  Intoxicação; Ovino; Planta tóxica; Senecio brasiliensis.
Categoria do assunto:  --
Marc:  Mostrar Marc Completo
Registro original:  Embrapa Caprinos e Ovinos (CNPC)
Biblioteca ID Origem Tipo/Formato Classificação Cutter Registro Volume Status
CNPC26914 - 1ADDAP - PP

Voltar







Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados : 5
Primeira ... 1 ... Última
1.Imagem marcado/desmarcadoVARGAS JUNIOR, S. F.; ESTIMA-SILVA, P.; ASSIS-BRASIL, N. D.; MARCOLONGO, C. P.; QUEVEDO, P. S.; SCHILD, A. L. Hidranencefalia congênita hereditária em búfalos Murrah. In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA, 18.; ENCONTRO DE PÓS GRADUAÇÃO, 11., E MOSTRA CIENTIFICA, 1., 2009, Pelotas. Anais... Pelotas: UFPel, 2009. 1 CD-ROM.
Tipo: Resumo em Anais de Congresso
Biblioteca(s): Embrapa Clima Temperado.
Visualizar detalhes do registroImprime registro no formato completo
2.Imagem marcado/desmarcadoSTIGGER, A. L.; ESTIMA-SILVA, P.; COELHO, A. C. B.; SANTOS, B. L.; MARCOLONGO-PEREIRA, C.; RIET-CORREA, F.; BRUHN, F. R. P.; SCHILD, A. L. Controle de Senecio madagascariensis e de Senecio brasiliensis pela utilização de pastejo com ovinos. Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 38, n. 1, p. 29-36, janeiro 2018. Título em inglês: Control of Senecio madagascariensis and Senecio brasiliensis by the use of sheep.
Biblioteca(s): Área de Informação da Sede.
Visualizar detalhes do registroAcesso ao objeto digitalImprime registro no formato completo
3.Imagem marcado/desmarcadoESTIMA-SILVA, P.; MARCOLONGO-PEREIRA, C.; SANTO, B. L. dos; COELHO, A. C. B.; AMARAL, L. A.; LIM, A.; BOLIN, S. R.; SCHILD, A. L. Equine multinodular pulmonary fibrosis in southern Brazil: pathology and differential diagnosis. Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 37, n. 11, p. 1247-1252, novembro. 2017. Título em português: Fibrose pulmonar multinodular em equinos no Sul do Rio Grande do Sul: patologia e diagnóstico diferencial.
Biblioteca(s): Área de Informação da Sede.
Visualizar detalhes do registroAcesso ao objeto digitalImprime registro no formato completo
4.Imagem marcado/desmarcadoESTIMA-SILVA, P.; MARCOLONGO-PEREIRA, C.; SANTOS, B. L. dos; COELHO, A. C. B.; AMARAL, L. A.; LIM, A.; BOLIN, S. R.; SCHILD, A. L. Equine multinodular pulmonary fibrosis in southern Brazil: pathology and differential diagnosis. Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 37, n. 11, p. 1247-1252, novembro 2017. Título em português: Fibrose pulmonar multinodular em equinos no Sul do Rio Grande do Sul: patologia e diagnóstico diferencial.
Biblioteca(s): Área de Informação da Sede.
Visualizar detalhes do registroAcesso ao objeto digitalImprime registro no formato completo
5.Imagem marcado/desmarcadoSANTOS, B. L.; ESTIMA-SILVA, P.; COELHO, A. C. B.; OLIVEIRA, P. A.; SOARES, M. P.; SALLIS, E. S. V.; BRUHN, F. R. P.; SCHILD, A. L. Doenças do sistema nervoso central de bezerros no sul do Rio Grande do Sul: uma contribuição ao diagnóstico diferencial. Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 38, n. 4, p. 685-691, abril 2018 Título em inglês: Central nervous system disease of calves in southern Brazil: a contribution to the differential diagnosis.
Biblioteca(s): Área de Informação da Sede.
Visualizar detalhes do registroAcesso ao objeto digitalImprime registro no formato completo
Registros recuperados : 5
Primeira ... 1 ... Última
Nenhum registro encontrado para a expressão de busca informada.
 
 

Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área Restrita

Embrapa Informática Agropecuária
Av. André Tosello, 209 - Barão Geraldo
Caixa Postal 6041- 13083-886 - Campinas, SP
PABX: SAC (19) 3211-5743
SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional