BDPA - Bases de Dados da Pesquisa Agropecuária Embrapa
 






Registro Completo
Biblioteca(s):  Embrapa Florestas.
Data corrente:  03/12/2019
Data da última atualização:  03/12/2019
Tipo da produção científica:  Artigo em Periódico Indexado
Autoria:  MIRESKI, M. C.; GUEDES, R. S.; WENDLING, I.; PEÑA PEÑA, M. L.; MEDEIROS, A. C. de S.
Afiliação:  Maria Cecília Mireski, Eng. Agrônoma, Mestre em Engenharia Florestal pela UFPR; Roberta Sales Guedes, Universidade Federal de Santa Catarina; IVAR WENDLING, CNPF; Martha Lucía Peña Peña, Bióloga, Drª. Pesquisadora Autônoma; Antônio Carlos de Souza Medeiros, Pesquisador aposentado da Embrapa Florestas.
Título:  Secagem na viabilidade e desenvolvimento embrionário de sementes de Ilex paraguariensis.
Ano de publicação:  2019
Fonte/Imprenta:  Ciência Florestal, Santa Maria, v. 29, n. 3, p. 1354-1362, jul./set. 2019.
DOI:  10.5902/1980509824451
Idioma:  Português
Conteúdo:  A germinação de erva-mate tem sido apontada como baixa, irregular e lenta, com diferentes graus de dormência, tornando a produção de mudas um grande desafio. Estudos destinados a esclarecer os principais mecanismos de dormência presentes em sementes de erva-mate são de grande importância, porém, escassos. Diante disso, objetivou-se avaliar os efeitos da secagem na viabilidade e no desenvolvimento embrionário de sementes da espécie. A avaliação do efeito da secagem foi realizada mediante determinação do teor de água, teste de tetrazólio e desenvolvimento embrionário. Para avaliar a tolerância à dessecação, as sementes foram acondicionadas em uma bandeja plástica sem tampa, colocada em prateleira de câmara fria e seca (CFS), regulada com 25 ± 3% de umidade relativa do ar e temperatura de 10 ± 1°C, por 70 dias. A cada sete dias, as sementes foram retiradas da CFS e submetidas ao teste de tetrazólio e à avaliação do teor de água. O desenvolvimento embrionário foi avaliado a partir dos embriões excisados, oriundos do teste de tetrazólio. O teste de germinação foi conduzido no substrato areia, em caixas gerbox, acondicionadas em câmara de germinação regulada a 25°C e fotoperíodo de 12 horas. Das sementes que não foram submetidas à secagem, apenas 8% germinaram, resultado da imaturidade embrionária das sementes recém-colhidas. A secagem por 70 dias promoveu o desenvolvimento embrionário, mas afetou a viabilidade das sementes, sendo recomendada, portanto, sua secagem por até 49 dias... Mostrar Tudo
Palavras-Chave:  Dessecação; Erva mate.
Thesagro:  Dormência; Espécie Nativa; Ilex Paraguariensis; Semente.
Thesaurus Nal:  Desiccation (plant physiology); Dormancy; Yerba mate.
Categoria do assunto:  --
URL:  https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/205995/1/2019-Ivar-CF-Secagem.pdf
Marc:  Mostrar Marc Completo
Registro original:  Embrapa Florestas (CNPF)
Biblioteca ID Origem Tipo/Formato Classificação Cutter Registro Volume Status URL
CNPF57153 - 1UPCAP - DD
Voltar






Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido      Imprime registros no formato resumido
Registros recuperados : 1
Primeira ... 1 ... Última
1.Imagem marcado/desmarcadoMIRESKI, M. C.; GUEDES, R. S.; WENDLING, I.; PEÑA PEÑA, M. L.; MEDEIROS, A. C. de S. Secagem na viabilidade e desenvolvimento embrionário de sementes de Ilex paraguariensis. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 29, n. 3, p. 1354-1362, jul./set. 2019.
Tipo: Artigo em Periódico IndexadoCirculação/Nível: A - 2
Biblioteca(s): Embrapa Florestas.
Visualizar detalhes do registroAcesso ao objeto digitalImprime registro no formato completo
Registros recuperados : 1
Primeira ... 1 ... Última
Nenhum registro encontrado para a expressão de busca informada.
 
 

Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área Restrita

Embrapa Agricultura Digital
Av. André Tosello, 209 - Barão Geraldo
Caixa Postal 6041- 13083-886 - Campinas, SP
SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional