BDPA - Bases de Dados da Pesquisa Agropecuária Embrapa
 






Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido      Imprime registros no formato resumido
Registros recuperados : 1
Primeira ... 1 ... Última
1.Imagem marcado/desmarcadoALMEIDA, C. O. de; FUKUDA, W. M. G. (ed.). Memórias formosas: a trajetória de uma variedade de mandioca da seleção à avaliação de impactos. Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, 2010. 88 p. il.

Biblioteca(s): Área de Informação da Sede; Embrapa Agroindústria de Alimentos; Embrapa Cerrados; Embrapa Cocais; Embrapa Mandioca e Fruticultura.

Visualizar detalhes do registroImprime registro no formato completo
Registros recuperados : 1
Primeira ... 1 ... Última






Registro Completo

Biblioteca(s):  Embrapa Mandioca e Fruticultura.
Data corrente:  13/03/2009
Data da última atualização:  13/03/2009
Tipo da produção científica:  Resumo em Anais de Congresso
Autoria:  FUKUDA, W. M. G.
Afiliação:  Wania Maria Gonçalves Fukuda, CNPMF.
Título:  Mandioca como fonte de vitamina A, Fe e Zn nas raízes.
Ano de publicação:  2008
Fonte/Imprenta:  In: SIMPÓSIO SOBRE INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE CIENTÍFICA NA EMBRAPA, 1., 2008, [Brasília, DF]. Resumos. [Brasília, DF]: Embrapa, 2008.
Idioma:  Português
Notas:  Disponível em: http://www.embrapa.br/eu_quero/inovaecria/comunicacoes/153_biofortificacaomandioca_waniafukuda_cnpmf_0829_1658.pdf Acesso em: 13/03/2009
Conteúdo:  A deficiência de vitamina A é um dos mais sérios problemas nutricionais que afetam a população mundial, responsável por problemas de saúde tais como a cegueira noturna em crianças. A vitamina A, ferro e zinco são os responsáveis pela maior deficiência nutricional, concentrada em países subdesenvolvidos e regiões mais carentes, em particular, no Nordeste brasileiro. Constatou-se que, além de carboidratos, o cultivo da mandioca constitui fonte de ferro, zinco e de carotenóides, nas raízes de coloração amarela. A deficiência destes micronutrientes no Nordeste brasileiro, onde a mandioca faz parte do hábito alimentar destas populações, faz da mandioca uma alternativa eficiente no combate ao problema nutricional em algumas áreas dessa região. Os teores de carotenóides atingiram o máximo de 15,51 µg.g-1. No entanto, estes genótipos de mandioca apresentaram altos teores de ácido cianídrico nas raízes, o que reduz a biodisponibilidade da vitamina A. Gerou-se híbridos com teores de carotenóides acima de 12 µg.g-1 e baixos teores de ácido cianídrico. Os teores de ferro e zinco alcançaram o máximo de 77,5 mg.kg-1 e 87,1 mg.kg-1, respectivamente. A meta é elevar-se, nos próximos dois anos, os teores de betacaroteno nas raízes para 15 µg.g-1, associado a Fe e Zn em variedades com boa qualidade para o consumo fresco, alta produtividade e boas características agronômicas
Thesagro:  Mandioca; Vitamina.
Categoria do assunto:  --
Marc:  Mostrar Marc Completo
Registro original:  Embrapa Mandioca e Fruticultura (CNPMF)
Nenhum exemplar cadastrado para este documento.
Fechar
Nenhum registro encontrado para a expressão de busca informada.
 
 

Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área Restrita

Embrapa Agricultura Digital
Av. André Tosello, 209 - Barão Geraldo
Caixa Postal 6041- 13083-886 - Campinas, SP
SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional