BDPA - Bases de Dados da Pesquisa Agropecuária Embrapa
 






Registro Completo
Biblioteca(s):  Embrapa Amazônia Oriental.
Data corrente:  12/03/2020
Data da última atualização:  13/03/2020
Tipo da produção científica:  Capítulo em Livro Técnico-Científico
Autoria:  MIRANDA, B. M.; SILVA, A. R.; FALESI, I. C.; SCHWARTZ, G.
Afiliação:  BÁRBARA MAIA MIRANDA, UEPA; ARYSTIDES RESENDE SILVA, CPATU; ÍTALO CLÁUDIO FALESI; GUSTAVO SCHWARTZ, CPATU.
Título:  Classificação e caracterização de solos em três diferentes tipos de manejo no Nordeste paraense.
Ano de publicação:  2020
Fonte/Imprenta:  In: RIBEIRO, J. C.; SANTOS, C. A. dos (Org.). Competência técnica e responsabilidade social e ambiental nas ciências agrárias. Ponta Grossa, PR: Atena Editora, 2020.
Páginas:  Cap.1, p. 1-10.
ISBN:  978-85-7247-942-4
DOI:  10.22533/at.ed.424202201
Idioma:  Português
Conteúdo:  O estudo pedológico dos solos nos últimos tempos tem apontado à influência de outros fatores de formação no desenvolvimento das propriedades e características dos solos. Diante do exposto, objetivou-se com esse trabalho classificar e caracterizar solos em três sistemas de manejo como o plantio de espécies florestais, floresta secundária e floresta secundária enriquecida com espécies florestais potenciais no Nordeste Paraense, com base nos atributos físico-químicos e na morfologia, afim de ampliar e contribuir para o conhecimento. Assim, foram estudados diferentes perfis dos sistemas de manejo: P1 - Área do Plantio onde foi realizada o plantio de 8 espécies florestais, entre nativas e exóticas, P2 - Área Controle composta por uma capoeira de floresta secundária e P3 - Área Manejo composta por uma capoeira de floresta secundária onde foi realizada abertura de clareiras e enriquecimento com espécies potenciais. Os perfis foram caracterizados morfologicamente e os horizontes foram analisados quanto as características químicas e físicas. Os solos descritos expressaram domínio da estrutura variando de areia a franco-argilo arenosa com a profundidade dos horizontes. O pH em H2O foi aproximadamente entre 4,2 e 5,0. Os valores expressos de CTC foi de 2,3 cmolc kg-1 no P2 a 5,0 cmolc kg-1 no P3, com predomínio de íons de hidrogênio e alumínio, sendo considerados cátions tóxicos. Quanto às características químicas, os solos foram constatados como distróficos com baixa saturação de base... Mostrar Tudo
Palavras-Chave:  Atributos físicoquímicos; Solos paraenses.
Thesagro:  Floresta Secundaria; Granulometria; Pedologia.
Categoria do assunto:  X Pesquisa, Tecnologia e Engenharia
URL:  http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/211848/1/document-6.2.pdf
Marc:  Mostrar Marc Completo
Registro original:  Embrapa Amazônia Oriental (CPATU)
Biblioteca ID Origem Tipo/Formato Classificação Cutter Registro Volume Status URL
CPATU56336 - 1UPCPL - DD

Voltar







Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido      Imprime registros no formato resumido
Registros recuperados : 1
Primeira ... 1 ... Última
1.Imagem marcado/desmarcadoMIRANDA, B. M.; SILVA, A. R.; FALESI, I. C.; SCHWARTZ, G. Classificação e caracterização de solos em três diferentes tipos de manejo no Nordeste paraense. In: RIBEIRO, J. C.; SANTOS, C. A. dos (Org.). Competência técnica e responsabilidade social e ambiental nas ciências agrárias. Ponta Grossa, PR: Atena Editora, 2020. Cap.1, p. 1-10.
Tipo: Capítulo em Livro Técnico-Científico
Biblioteca(s): Embrapa Amazônia Oriental.
Visualizar detalhes do registroAcesso ao objeto digitalImprime registro no formato completo
Registros recuperados : 1
Primeira ... 1 ... Última
Nenhum registro encontrado para a expressão de busca informada.
 
 

Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área Restrita

Embrapa Informática Agropecuária
Av. André Tosello, 209 - Barão Geraldo
Caixa Postal 6041- 13083-886 - Campinas, SP
PABX: SAC (19) 3211-5743
SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional