BDPA - Bases de Dados da Pesquisa Agropecuária Embrapa
 






Registro Completo
Biblioteca(s):  Área de Informação da Sede.
Data corrente:  20/06/2018
Data da última atualização:  20/06/2018
Autoria:  BIANCHI, S. P.; GOMES, C.; PIVARINI, S. P.; MOMBACH, V. S.; SANTOS, F. R.; VIEIRA, L. C.; OLIVEIRA, L. O.; CONTESINI, E. A.
Afiliação:  Simone P. Bianchi, Faculdade de Veterinária/Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS; Cristiano Gomes, Faculdade de Veterinária/Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS; Saulo P. Pavarini, Faculdade de Veterinária/Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS; Verônica S. Mombach, Faculdade de Veterinária/Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS; Fabiane R. Santos, Faculdade de Veterinária/Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS; Luciane C. Vieira, Hospital de Clínicas Veterinárias/UFRGS; Luciana O. Oliveira, Hospital de Clínicas Veterinárias/UFRGS; Emerson A. Contesini, Faculdade de Veterinária/Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS.
Título:  Linfonodo axilar como sentinela de neoplasia mamária em cadelas.
Ano de publicação:  2018
Fonte/Imprenta:  Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 38, n. 4, p. 692-695, abril 2018
Idioma:  Português
Notas:  Título em inglês: Axillary lymph node as sentinel for mammary neoplasia in bitches.
Conteúdo:  Linfonodo axilar como sentinela de neoplasia mamária em cadelas. O estudo dos tumores de mama em cadelas é de grande importância devido à alta frequência com que surgem na clínica de pequenos animais. O presente estudo teve como objetivo avaliar a importância do linfonodo axilar como sentinela em neoplasias mamárias de cadelas. Foram avaliadas 49 fêmeas com neoplasia mamária, submetidas à mastectomia unilateral total, utilizando o corante azul patente para a identificação do linfonodo axilar, o qual foi submetido à análise histopatológica com a coloração de hematoxilina-eosina e imuno-histoquímica (IHQ) com anticorpo citoqueratina (AE1/AE3) para procura de metástase. Oito cadelas apresentaram metástases em linfonodo axilar, sendo sete detectadas por histopatologia e por IHQ e uma somente pela IHQ (micrometástase). Uma paciente que apresentava tumor em mamas abdominal caudal e inguinal tinha metástase no linfonodo axilar e inguinal. Assim, observa-se que o tumor pode causar alteração na drenagem linfática provocando metástase em linfonodos que normalmente não drenam determinadas mamas, por isso a retirada do linfonodo axilar deve ser incluída como técnica de rotina para permitir melhor estadiamento das neoplasias mamárias de cadelas.
Palavras-Chave:  Axillary lymph node; Cadela; Linfonodo axilar; Linfonodo sentinela; Mammary; Neoplasia mamária; Pathology; Patologia; Sentinel lymph node.
Thesaurus Nal:  Bitches.
Categoria do assunto:  --
URL:  http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/178806/1/Linfonodo-axilar-como-sentinela-de-neoplasia.pdf
Marc:  Mostrar Marc Completo
Registro original:  Área de Informação da Sede (AI-SEDE)
Biblioteca ID Origem Tipo/Formato Classificação Cutter Registro Volume Status URL
AI-SEDE62733 - 1UPEAP - DD
Voltar






Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido      Imprime registros no formato resumido
Registros recuperados : 1
Primeira ... 1 ... Última
1.Imagem marcado/desmarcadoBIANCHI, S. P.; GOMES, C.; PIVARINI, S. P.; MOMBACH, V. S.; SANTOS, F. R.; VIEIRA, L. C.; OLIVEIRA, L. O.; CONTESINI, E. A. Linfonodo axilar como sentinela de neoplasia mamária em cadelas. Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 38, n. 4, p. 692-695, abril 2018 Título em inglês: Axillary lymph node as sentinel for mammary neoplasia in bitches.
Biblioteca(s): Área de Informação da Sede.
Visualizar detalhes do registroAcesso ao objeto digitalImprime registro no formato completo
Registros recuperados : 1
Primeira ... 1 ... Última
Nenhum registro encontrado para a expressão de busca informada.
 
 

Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área Restrita

Embrapa Informática Agropecuária
Av. André Tosello, 209 - Barão Geraldo
Caixa Postal 6041- 13083-886 - Campinas, SP
PABX: SAC (19) 3211-5743
SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional